Workshop: Arbitragem Entre Dois Mundos: Comparação Entre A Itália e o Brasil
Data: 20/10/2015

Por ocasião do lançamento do Guia de Investimentos (“Panorama Giuridico sugli Investimenti in Brasile”) pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura (ITALCAM), e, pela celebração dos 20 anos da criação da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem CIESP/FIESP, será realizado, em 20 de outubro de 2015, um workshop com ilustres juristas brasileiros e italianos para discussão de diversos temas relacionados à arbitragem comercial.

As atividades propiciarão uma grande troca de experiências e de reflexões sobre o desenvolvimento e a consolidação da arbitragem no Brasil e na Itália nos últimos anos e também será de grande valia para aqueles que pretendem investir no Brasil, pois a arbitragem tem se mostrado como o mecanismo mais eficiente e apropriado para a resolução de conflitos empresariais domésticos e internacionais, e conta com amplo apoio e reconhecimento do Poder Judiciário.

Localização: Embaixada do Brasil na Itália (Piazza Navona, 14, Palazzo Phamphilij, Roma)

Acesso o site :  http://www.italcam.com.br/2-congresso-juridico/ e confira a programação completa e faça sua inscrição.


PROGRAMAÇÃO:

16h

CREDENCIAMENTO

16h30min

ABERTURA

Embaixador Ricardo Neiva Tavares, Embaixador do Brasil na Itália.

Edoardo Pollastri, Presidente da Câmera Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura.

16h45min

LANÇAMENTO DO GUIA "PARONAMA GIURIDICO SUGLI INVESTIMENTI IN BRASILE".

Newton de Lucca, Professor Titular de Direito Comercial da USP, Desembargador e ex Presidente do TRF da 3ª Região.

17h

ABERTURA DO WORKSHOP: “ARBITRAGEM ENTRE DOIS MUNDOS: COMPARAÇÃO ENTRE ITÁLIA E BRASIL”.

O DESENVOLVIMENTO DA ARBITRAGEM NO BRASIL

Ada Pellegrini Grinover, Professora Titular da Faculdade de Direito da USP. Presidente Honorária do Instituto Brasileiro de Direito Processual. Vice-Presidente Honorária da International Academie of Procedural Law e do Instituto Iberoamericano de Derecho Procesal. Doutora Honoris Causa pela Universidade de Milão.

17h15min

CONVENÇÃO DE ARBITRAGEM: ARBITRABILIDADE SUBJETIVA E OBJETIVA

Cristiano Zanetti, Professor Associado de Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Árbitro e Parecerista.

Vincenzo Vigoriti, Professor ordinário de Direito Comparado na Faculdade de Direito da Università di Firenze. Professor visitante em várias Universidades nos Estados Unidos (UC Berkeley; Temple Univ.) e no Brasil (São Paulo). Árbitro e Advogado.

17h45min

O ÁRBITRO

Hermes Marcelo Huck, Professor Titular Senior de Direito Econômico da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Árbitro e Advogado.

Massimo Benedettelli, Partner da ArbLit, Professor titular da Cátedra de Direito Internacional no Departamento de Jurisprudência da Università degli Studi “Aldo Moro” de Bari. Coordenador, desde 2012, da delegação italiana junto à Commission on International Arbitration da International Chamber of Commerce de Paris. Árbitro e Advogado.

18h15min

PROCEDIMENTO ARBITRAL

Carlos Alberto Carmona, Professor Doutor de Direito Processual da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Árbitro e Advogado.

Diego Corapi, Professor emérito de direito privado comparado Università di Roma–La Sapienza. Professor visitante na Universidade de Oxford, Columbia, Stanford, Temple, Paris I, Paris II, Paris-Dauphine, Aix-en-Provence, Louvain-la-Neuve, USP - São Paulo , UERJ-Rio. Advogado em Roma desde 1964.

18h45min

SENTENÇA ARBITRAL

Paula Forgioni, Professora Titular de Direito Comercial da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Árbitra e Advogada.

Giovanni Bonato, Professor Doutor de Direito Processual na Universidade de Paris Ouest Nanterre La Défense. Doutor em Direito Processual civil na Universidade “La Sapienza” de Roma.

19h15min

ENCERRAMENTO E COQUETEL

 
Telefone: (11) 3864-7500
E-mail: cebepej@cebepej.org.br | nathalia@cebepej.org.br
Rua Desembargador Guimarães, nº 21, Água Branca, São Paulo-SP, CEP: 05002-050

© 2019 Copyright-Todos os direitos reservados
CEBEPEJ - Centro Brasileiro de Estudos e Pesquisas Judiciais